Sobre o amor, doçura e desassossegos

Revendo as fotos do casamento da Thais e do Fabio e tentando retomar a programação anormal desse famigerado blog que vos falo, me pareceu muito fácil escrever sobre esse trabalho. Tanto é que na mesma hora já comecei a rabiscar algumas impressões.

Talvez seja porque eu e a Thais nos entendemos sem cerimônia e logo de cara, como se eventualmente sentássemos para tomar um café ou fossemos vizinhas de porta. Certamente este foi um desses encontros que o universo faz acontecer.

Eu voltava aos poucos à minha rotina de trabalho depois que o Francisco nasceu e eis que a ligação de uma noiva em chamas no final da tarde chegou para mim. O universo foi doce e continuou me trazendo mulheres maravilhosas mesmo no desassossego que o retorno de uma licença maternidade pode implicar.

Alguns minutos depois começaram a pipocar mensagens com algumas referências de cabeleiras soltas e floridas. Ainda sem entender essa troca de informações na velocidade da luz e achando graça daquilo tudo, ela tentava me explicar que deus-e-o-mundo estavam desacreditando desse paranauê de casar com flor no cabelo e ainda por cima flor natural.

Salve-se quem puder.

Passados os três mil quatrocentos e cinquenta e oito áudios dignos de um sitcom, marcamos o nosso encontro. Foi pouco cappuccino para muita risada e leveza, como todas as reuniões deveriam ser. O buquê da Thais foi elaborado a partir de peônias nas cores branca e pink, uma suculenta enormezona em destaque, uma ou outra tulipa, folhagens de mimosa e cinerárias. Os mini-buquês das daminhas seguiram a mesma linha. As pequenas também vieram com os cabelos floridos com calandivas brancas todas fechadas.

Para o cabelo da Thais trabalhamos com dois pentes ornamentados com flores naturais e algumas flores soltas aramadas individualmente para eventuais ajustes. Algumas mini-phalaenopsis com cáspias para dar um acabamento que proporcionasse texturas e formas diversas. A Thais ficou meio ninfa com aqueles cabelos loiros todos soltos. Impecável e tranquilíssima.

No mesmo quarto estava o Gabriel, filho da Thais. Lindo e com uma cabeleira enorme, concentradíssimo em um desses jogos de videogame portáteis e refastelado em uma cadeira algumas poucas horas antes da mãe casar. Antes de sair deu tempo de escutar ela mandar, enquanto fazia o cabelo em outro cômodo,  ele tomar banho e começar logo logo a se arrumar. Mais verdadeiro, impossível.

O registro de toda essa maravilhosidade em forma de noiva ficou por conta da Sorayha Caetano. A beleza da noiva foi executada lindamente pela Camila Coelho, o vestido é da Débora Noivas. O cerimonial e a decoração foram realizados pela Raquel Mateus, da Dreamland.

Beleza Pura, sente só.


 

Ficha Técnica

Fotografia Sorayha Caetano
Beleza Camila Coelho
Vestido da noiva Débora Noivas
Local do Making Of Pousada do Holandês
Assessoria e Cerimonial Raquel Mateus
Decoração Raquel Mateus
Buquês, lapelas, pente com flores naturais da noiva e daminhas Winnee Louise Arte Floral
Recepção Mansão Niterói

*** música Sweet Love do Phillip Larue

Sobre Winnee Louise

florista, assistente social e cantora de karaokê nas horas vagas.

4 comentários em “Sobre o amor, doçura e desassossegos

  1. Winnee, maravilhosaaaaaa!!!!!! Não sei o que dizer diante de tanto carinho!!!! Além de ter me deixado tão linda você ainda me apronta essa????!!!! Descreveu tudo de uma forma tão linda e delicada, como você e as flores! Vc nasceu pra elas e elas pra vc! Muito obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *